Tudo o que você precisa saber sobre a serotonina

O que é serotonina?

A serotonina é um neurotransmissor que envia sinais entre as células nervosas. Ela é encontrada principalmente no sistema digestivo, embora também esteja presente nas plaquetas do sangue e em todo o sistema nervoso central.

É feita a partir do aminoácido essencial triptofano. Este aminoácido deve ser consumido através da dieta e é normalmente encontrado em alimentos como nozes, queijo e carne vermelha.

A deficiência de triptofano pode levar a níveis mais baixos de serotonina. Isso pode resultar em transtornos de humor, como ansiedade ou depressão.

A serotonina é um neurotransmissor encontrado principalmente no sistema digestivo, mas também está presente em outras partes do corpo. Sua ausência pode resultar em transtornos de humor.

O que a serotonina faz?

O que a serotonina faz?

A serotonina afeta todas as partes do seu corpo, das suas emoções às suas habilidades motoras. Ela é considerada um estabilizador natural do humor, além de te ajudar a dormir, comer e digerir. A serotonina também é responsável por:

  • Reduzir a depressão
  • Regular a ansiedade
  • Curar feridas
  • Estimular a náusea
  • Manter a saúde dos ossos

Veja como a serotonina atua em várias funções em todo o seu corpo:

1. Movimentos intestinais

A serotonina é encontrada principalmente no estômago e no intestino. Ajuda a controlar os movimentos e a função intestinal.

2. Humor

Sua função no cérebro é de regular a ansiedade, a felicidade e o humor. Níveis baixos de serotonina têm sido associados à depressão e acredita-se que o aumento desses níveis causados ​​pela medicação diminua a excitação.

3. Náusea

A serotonina é parte da causa de enjoos. Sua produção aumenta para empurrar para fora alimentos nocivos mais rapidamente, causando a diarréia. A substância química também aumenta no sangue, estimulando a parte do cérebro que controla a náusea.

4. Sono

Ela também é responsável por estimular as partes do cérebro que controlam o sono e a vigília. Se você dorme ou acorda isso depende de qual área é estimulada e qual receptor de serotonina está sendo utilizado.

5. Coagulação sanguínea

As plaquetas liberam serotonina para ajudar a curar feridas. O neurotransmissor faz com que as minúsculas artérias se estreitem, ajudando a formar coágulos sanguíneos.

6. Saúde óssea

Níveis significativamente altos de serotonina nos ossos podem levar à osteoporose, o que torna os ossos mais fracos.

Função sexual

Baixos níveis do neurotransmissor estão associados ao aumento da libido, enquanto níveis elevados de serotonina estão associados à redução da libido.

A serotonina está associada há muitas funções no nosso corpo, incluindo a coagulação sanguínea, o sono, as funções digestivas e principalmente o humor, sendo responsável por doenças como depressão e ansiedade.

Serotonina e a saúde mental

O neurotransmissor ajuda a regular o seu humor naturalmente. Quando seus níveis de serotonina são normais, você se sente:

  • Mais feliz
  • Mais calmo
  • Mais focado
  • Menos ansioso
  • Mais emocionalmente estável

Um estudo de 2007 descobriu que pessoas com depressão muitas vezes têm baixos níveis de serotonina. A deficiência da substância também tem sido associada à ansiedade e insônia.

Pequenas divergências sobre o papel do neurotransmissor na saúde mental ocorrem. Alguns pesquisadores em estudos mais antigos questionam se um aumento ou diminuição da serotonina pode afetar a depressão. Novas pesquisas afirmam que sim (1).

Por exemplo, um estudo em animais de 2016 examinou camundongos sem auto receptores de serotonina que inibiram a sua secreção. Sem esses autoreceptores, os ratos tinham níveis mais altos do neurotransmissor disponíveis em seus cérebros.

Pesquisadores descobriram que esses ratos exibiam menos comportamentos relacionados à ansiedade e à depressão (2).

Estudos antigos não relacionavam os níveis de serotonina à ansiedade e à depressão, tese que foi derrubada com uma pesquisa mais recente, de 2016. Ele regula naturalmente o seu humor, fazendo com que se sinta mais calmo, relaxado e feliz.

Quantidade adequada para os níveis de serotonina

Geralmente, a faixa normal de níveis de serotonina no sangue é de 101 a 283 nanogramas por mililitro (ng / mL). Este valor de referência, no entanto, pode diferir dependendo das medições e amostras testadas.

Altos níveis de serotonina podem ser um sinal de síndrome carcinóide. Isso envolve um grupo de sintomas relacionados a tumores do:

  • Intestino delgado
  • Apêndice
  • Cólon
  • Brônquios

Um médico fará um exame de sangue para medir os níveis de serotonina no sangue para diagnosticar a doença ou descartá-la.

O excesso de serotonina pode causar tumores pelo corpo, em regiões como intestino delgado, apêndice e cólon. É importante monitorar os níveis do neurotransmissor, através de exames de rotina.

Como lidar com a deficiência de serotonina

É possível aumentar os níveis de serotonina através de medicação e algumas opções naturais. Veja a seguir.

SSRIs

Baixos níveis do neurotransmissor no cérebro podem causar depressão, ansiedade e problemas de sono.

Muitos médicos prescrevem um inibidor seletivo da recaptação da serotonina (ISRS) para tratar a depressão. Eles são o tipo de antidepressivo mais prescritos atualmente.

Os SSRIs aumentam os níveis de serotonina no cérebro, bloqueando a reabsorção do produto químico e, portanto, mais deles permanecem ativos. SSRIs incluem Prozac e Zoloft, entre outros.

Estimuladores naturais de serotonina

Fora dos ISRSs, os seguintes fatores podem aumentar os níveis de serotonina, de acordo com um artigo publicado no Journal of Psychiatry and Neuroscience (3):

  • Exposição à luz intensa: A luz do sol ou a terapia da luz são remédios geralmente recomendados para o tratamento da depressão sazonal.
  • Exercícios: Os exercícios físicos regulares podem ter efeitos que otimizam o humor.
  • Uma dieta saudável: Os alimentos que podem aumentar os níveis de serotonina incluem ovos, queijo, peru, nozes, salmão, tofu e abacaxi.
  • Meditação: Meditar pode ajudar a aliviar o estresse e promover uma visão positiva da vida, o que pode aumentar muito os níveis de serotonina.

Além de medicamentos prescritos por médicos, existem outras formas de elevar os níveis de serotonina no nosso corpo, como tomar banho de sol, praticar exercícios físicos regularmente e manter uma dieta saudável.

Sobre a síndrome da serotonina

Drogas que fazem com que os níveis de serotonina subam e se acumulem no corpo podem levar à síndrome da serotonina. Ela pode ocorrer depois que iniciar um novo medicamento ou aumentar a dosagem de um já existente.

Os sintomas da síndrome da serotonina incluem:

  • Tremedeira
  • Diarréia
  • Dor de cabeça
  • Confusão
  • Pupilas dilatadas
  • Arrepios

Já os sintomas mais graves podem incluir:

  • Contração dos músculos
  • Perda de agilidade muscular
  • Rigidez muscular
  • Febre alta
  • Ritmo cardíaco acelerado
  • Pressão alta
  • Arritmia cardíaca
  • Convulsões

Não há testes que possam diagnosticar a síndrome da serotonina. Em vez disso, seu médico realizará um exame físico para determinar se você a possui.

Freqüentemente, os sintomas da síndrome da serotonina desaparecerão em um dia se você tomar medicação que bloqueia a serotonina ou substitui a droga que está causando a doença em primeiro lugar.

A síndrome da serotonina pode ser fatal se não for tratada.

Remédios que elevam os níveis do neurotransmissor no corpo podem levar a síndrome da serotonina, causando sintomas como pressão alta, convulsões, arrepios e diarreias.


A serotonina afeta todas as partes do seu corpo. É responsável por muitas das funções importantes que necessitamos ao longo do dia. Se seus níveis não estiverem em equilíbrio, isso pode afetar seu bem-estar mental, físico e emocional.

Às vezes, um desequilíbrio de serotonina pode significar algo mais sério. É importante prestar atenção ao seu corpo e conversar com seu médico sobre quaisquer preocupações.

Veja também:

14 erros de baixa caloria que fazem você engordar

A importância dos micronutrientes na sua dieta

5 Dicas para Perder Peso Rápido

Receba seu boletim gratuito!

Coma mais inteligente e sem terrorismos com as melhores dicas e conselhos nutricionais entregues diariamente à sua caixa de entrada.

Dicas e Conselhos sobre Nutrição

1 comentário


  1. muito bom esse site, valeu muito apena conhecer. muito obrigado pela recomendação.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *