O farelo de trigo é uma das três camadas do grão de trigo.

Ele é retirado durante o processo de fresagem e algumas pessoas o consideram apenas um subproduto.

No entanto, ele é rico em muitos compostos vegetais e minerais, além de ser uma excelente fonte de fibras.

A composição nutricional do farelo de trigo pode melhorar sua saúde e diminuir o risco de certas doenças crônicas. Quer saber mais sobre ele?

Preparamos um artigo com tudo o que você precisa saber, continue lendo! Mas antes inscreva-se na nossa lista Vip e receba nosso boletim com dicas e orientações sobre Alimentação e Nutrição…

O que é o farelo de trigo?

Um grão de trigo é composto de três partes: o farelo, o endosperma e o germe. O farelo é a camada externa dura do grão de trigo, que é repleto de nutrientes e fibras.

Durante o processo de moagem, ele é retirado do grão de trigo e se torna um subproduto. Com um sabor doce, pode ser usado para adicionar textura e um gosto encorpado ao pão, muffins e outros produtos assados.

Composição nutricional

Quais o benefícios nutricionais do trigo?

O farelo de trigo é riquíssimo em nutrientes.

Uma porção de meia xícara (29 g) fornece (1):

  • Calorias: 63
  • Gorduras: 1,3 g
  • Gorduras saturadas: 0,2 g
  • Proteínas: 4,5 g
  • Carboidratos: 18,5 g
  • Fibra dietética: 12,5 g
  • Tiamina (vitamina B1): 0,15 mg
  • Riboflavina: 0,15 mg
  • Niacina (vitamina B3): 4 mg
  • Vitamina B6: 0,4 mg
  • Potássio: 343
  • Ferro: 3,05 mg
  • Magnésio: 177 mg
  • Fósforo: 294 mg

O farelo de trigo também possui uma quantidade razoável de zinco e cobre. Além disso, ele fornece mais da metade do valor diário (VD) de selênio e mais do que o VD de manganês.

Seu teor calórico é relativamente baixo, considerando todos os nutrientes que carrega. Meia xícara (29 g) de farelo de trigo contém apenas 63 calorias.

Os índices de gorduras totais, gorduras saturadas e colesterol também são baixos, além de fornecer uma boa quantidade de proteínas vegetais. São cerca de 5g de proteína em 29 g de farelo.

Indiscutivelmente, a característica mais impressionante do farelo de trigo é a sua quantidade de fibra. Meia xícara (29 g) fornece quase 13 g de fibra dietética, que corresponde a 43% do valor diário necessário.

O farelo no processo digestivo

O farelo de trigo oferece muitos benefícios para a sua saúde digestiva. É uma fonte concentrada de fibra insolúvel, que adiciona volume às fezes e acelera seu movimento pelo cólon.

Em outras palavras, a fibra insolúvel – presente no farelo de trigo – pode ajudar a aliviar ou prevenir a constipação e manter suas atividades intestinais regulares (2).

Além disso, estudos mostraram que o farelo de trigo pode reduzir os sintomas digestivos, como inchaço e desconforto, sendo mais eficaz no aumento do volume fecal do que outras formas de fibra insolúvel, como aveia e certas frutas e legumes (3, 4).

O farelo de trigo também é rico em prebióticos, que são fibras não digeríveis que atuam como fonte de alimento para as bactérias intestinais saudáveis, aumentando a sua quantidade, o que por sua vez promove a saúde intestinal (5).

Cereal no café da manhã

Ajuda na prevenção ao câncer

Outro benefício do farelo de trigo para a saúde é o seu possível papel na prevenção de determinados tipos de câncer, um dos quais – o câncer de cólon – é o terceiro mais comum em todo o mundo (6).

Muitos estudos em humanos e camundongos ligaram a ingestão de farelo de trigo a um risco reduzido de câncer de cólon (7, 8, 9).

Além disso, o farelo de trigo mostrou dificultar o desenvolvimento de tumor no cólon de forma mais consistente, se comparado a outras fontes de grãos ricos em fibras, como o farelo de aveia (10).

O efeito preventivo do farelo de trigo em relação ao câncer de cólon é atribuído em parte a sua alta concentração de fibras, já que vários estudos associaram uma dieta rica nesse nutriente a um risco reduzido de aparecimento da doença (11, 12).

No entanto, o teor de fibras do farelo de trigo pode não ser o único contribuinte para reduzir esse risco.

Outros componentes como antioxidantes naturais, lignanas fitoquímicas e ácido fítico também podem ajudar a desempenhar esse papel, além de auxiliarem também na prevenção do câncer de mama (2, 9, 13).

Estudos mostraram também que a fibra pode aumentar a quantidade de estrogênio excretada pelo organismo, inibindo a sua absorção nos intestinos, causando assim uma redução nos níveis circulantes desse hormônio. Essa diminuição também se relaciona ao risco reduzido de câncer de mama (14).

Prevencao de doencas cardiacas

Vários estudos ligaram dietas ricas em fibras a uma diminuição dos riscos de doenças cardíacas (15, 16, 17).

Um estudo recente mostrou uma diminuição significativa no colesterol total após a ingestão diária de cereal de farelo de trigo, por um período de três semanas (18).

Pesquisas também sugerem que dietas ricas em fibras dietéticas podem reduzir ligeiramente os triglicerídeos no sangue, que são tipos de gordura associados a um risco maior de doença cardíaca, se elevados.

Portanto, a adição de farelo de trigo à sua dieta diária pode aumentar o consumo total de fibras para ajudar a prevenir doenças cardíacas.

Além disso, nenhuma redução no colesterol HDL (conhecido como colesterol bom) foi encontrada.

Cuidados no consumo

Embora o farelo de trigo seja um alimento denso em nutrientes, com muitos benefícios potenciais à saúde, pode haver algumas desvantagens.

Contém glúten

O glúten é um grupo de proteínas que são encontradas em certos grãos, incluindo o trigo.

A maioria das pessoas pode consumir glúten sem experimentar efeitos colaterais adversos. No entanto, alguns indivíduos podem ter dificuldade digerir esse tipo de proteína.

A doença celíaca é uma doença auto-imune na qual o corpo erroneamente atinge o glúten como uma ameaça externa ao corpo, causando sintomas digestivos como dor abdominal e diarréia.

A ingestão de glúten por pacientes celíacos, pode danificar o revestimento do intestino e do intestino delgado (19).

Algumas pessoas também sofrem de sensibilidade ao glúten não-celíaca, ou seja, não apresentam resultado positivo para doença celíaca, mas ainda sentem desconfortos digestivos depois de consumirem glúten (19, 20).

Portanto, pessoas com doença celíaca e sensibilidade ao glúten devem evitar grãos que contenham glúten, incluindo o farelo de trigo.

Contém Frutanos

Os frutanos são um tipo de oligossacarídeo, um carboidrato feito de uma cadeia de moléculas de frutose com uma molécula de glicose no final.

Este carboidrato de cadeia pode causar indigestão e fermenta no cólon.

Este processo de fermentação pode produzir gases e outros efeitos colaterais desagradáveis ​​como arroto, dor abdominal ou diarréia, especialmente em pessoas com síndrome do intestino irritável (SII) (21).

Infelizmente, alguns grãos, como o trigo, são ricos em frutanos.

Se você sofre de SII ou tem uma intolerância a frutanos, é aconselhável evitar o farelo de trigo.

Contém ácido fítico

O ácido fítico é um nutriente encontrado em todas as sementes de plantas, incluindo produtos como o trigo integral. Ele é especialmente concentrado no farelo de trigo (22, 23, 24).

Assim, a absorção desses minerais pode diminuir se consumidos com um alimento rico em ácido fítico, como o farelo de trigo.

O ácido fítico pode dificultar a absorção de certos minerais, como zinco, magnésio, cálcio e ferro (25).

É por isso que o ácido fítico é por vezes referido como um antinutriente.

Para a maioria das pessoas que consomem uma dieta equilibrada e balanceada, o ácido fítico não representa um problema.

No entanto, se você comer alimentos com alto teor de ácido fítico na maioria das refeições, poderá desenvolver uma deficiência nesses nutrientes vitais com o tempo.

Como comer farelo de trigo

Cereal matinal de farelo de trigo integral com abacate

Existem muitas formas de incorporar o farelo de trigo à sua dieta.

Quando se trata de assados, este produto versátil pode ser adicionado ou substituir parte da farinha para aumentar o sabor, a textura e a riqueza de nutrientes. Você também pode polvilhar farelo de trigo em iogurtes e cereais.

Mas cuidado aos introduzir o farelo de trigo a sua dieta.

Isso deve ser feito aos poucos, do contrário desconfortos digestivos podem surgir, graças ao alto teor de fibras. Portanto, é melhor começar devagar, aumentando gradualmente a ingestão, permitindo que o seu corpo se ajuste.

Além disso, hidrate-se bastante para digerir a fibra adequadamente.


O farelo de trigo é altamente nutritivo e uma excelente fonte de fibras. É extremamente benéfico para a saúde digestiva e do coração, podendo também reduzir o risco de câncer de mama e cólon.

No entanto, não é adequado para pessoas com intolerância ao glúten ou ao frutano, e seu conteúdo de ácido fítico pode inibir a absorção de certos minerais.

Para a maioria das pessoas, o farelo de trigo fornece um suplemento seguro, fácil e nutritivo para produtos de panificação e iogurtes.

Agora que você já conhece os benefícios do farelo de trigo, pensa em adicioná-lo à sua dieta? Conte pra gente!

SAIBA MAIS:

21 Hábitos para uma Vida Saudável

Guia para dieta Gluten Free

10 coisas que você precisa saber sobre Vitamina D

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here


Quer receber dicas sobre Nutrição? Marque aqui ;)