14 erros de baixa caloria que fazem você engordar

Você sumiu com o açúcar do seu café da manhã, cortou o almoço pela metade e trocou aquela pizza a noite por uma salada saudável. Mas apesar de todos seus esforços para ter uma dieta de baixa caloria, você ainda não está perdendo peso.

Você deve estar pensando: “O que estou fazendo errado ?!” ou “O que está faltando ?!”

Guarde isso com você, “Contar a quantidade de calorias na sua dieta não é o único caminho que existe para a perda de peso”. Muitos fatores desempenham papeis na perda de peso, algumas das quais não têm nada a ver com calorias. Além disso, há uma série de erros comuns em dietas Low Carb espalhadas por ai, que fazem com que a perda de peso seja ainda mais difícil para algumas pessoas.

Para ajudá-la a obter o corpo que você sempre quis, reunimos alguns dos erros mais comuns e criamos algumas maneiras simples, mas totalmente eficazes, de superar cada um desses obstáculos. Continue lendo para descobrir se algum desses problemas é o culpado pelo seu progresso. E se esta lista assusta você com a ideia de controlar ainda mais sua dieta, veja o nosso guia de 30 Dicas de Perda de Peso Melhor do que Contar Calorias e aprenda outras maneiras de chegar o seu peso ideal.

Excesso de Controle

Restrição em excesso em dieta de baixa caloria é um péssimo caminho se você quer perder peso

Se você está controlando e restringindo demais a sua ingestão calórica, você é obrigado acaba exagerando mais tarde. Então em vez de passar fome o dia todo, concentre-se em comer uma combinação saudável de nutrientes em cada refeição e mantenha um tamanho razoável de porção. A regra geral é preencher metade de seu prato com frutas e vegetais sem amido e, em seguida, dividir a metade restante entre fontes de carboidratos integrais e proteína magra. Você também deve consumir cerca de uma colher de sopa de gordura saudável. Concentre-se em seguir este formato em vez de contar cada caloria. Esse método não apenas ajudará a mantê-lo são, você provavelmente verá uma diferença refletida na escala também.

Você compra alimentos industrializados em pequenas porções

Comer alimentos porcionados pode não ser o melhor caminho para emagrecer

Enquanto lanches rápidos em porções pequenas fazem sentido para alimentos saudáveis ​​altamente calóricos, como abacates (guacamole) e nozes, você está se enganando, se você acha que os cereais, biscoitos e bolachas em pequenas porções ​​são refeições saudáveis. Claro, esses alimentos são de baixa caloria (Muitas vezes são baixas só por conta da porção reduzida), mas também são nutricionalmente pobres e geralmente usam altas quantidades de substâncias químicas que seu corpo não precisa, não sabe como processar e que no médio prazo podem lhe causar alergias e outras doenças. Durante um dia o consumo dessas porções pré prontas somados podem facilmente passar a sua necessidade diária de calorias, por outro lado dificilmente você chegará a consumir os nutrientes que seu corpo precisa para realizar todas suas funções metabólicas. Alimentando-se com todo esse lixo de baixa caloria pode estar fazendo mais mal do que bem ao seu seu corpo.

Então, o que você pode fazer ao invés disso? “Não conte calorias. Ao invés disso, leia os ingredientes e verifique se você está comendo comida de verdade. Não compre um alimento pelo marketing no rótulo, compre pelos ingredientes ”. Uma dica importante, os alimentos são listados no rótulo pela sua quantidade, ou seja, se um alimento diz que é baixa caloria mas tem açúcar como primeiro ingrediente, desconfie.

Você está escolhendo a sopa em sachê errada

Sopa Fit em pacote ? Tome cuidado, pode ser um erro grande

O que nos leva ao nosso próximo erro muito comum. Quando as pessoas estão excessivamente concentradas em calorias, por vezes ignoram outras coisas no rótulo nutricional, como por exemplo o sódio, o que realmente pode ser uma má notícia para sua barriga. Por quê? De acordo com um estudo recente da Universidade Queen Mary em Londres, para cada grama extra de sal que você consome em um dia (ou seja, apenas uma colher de chá ou um minúsculo sachê que você encontrará na mesa de qualquer restaurante) o risco de obesidade aumenta em impressionantes 25%. Os pesquisadores especulam que o sódio altera nosso metabolismo, mudando a maneira pela qual absorvemos gordura. Se isso não convencer você a procurar por alimentos (como aquela sopa!) com baixo teor de caloria e de sódio, realmente não temos certeza do que pode acontecer.

Você está esquecendo das fibras

As fibras precisa estar na alimentação, sem elas seu intestino não irá funcionar corretamente

Se os alimentos de baixa caloria que você está comendo não tiverem fibras, não há como manter a saciedade após uma refeição, o que aumenta e muito as chances de você comer demais ao longo do dia, atrasando seu emagrecimento e quem sabe até o efeito inverso (engordando). Alguns alimentos de baixa caloria muito comuns que contém fibra são framboesas (8g de fibra p/xícara), sementes de chia (7g de fibras p/2 colheres de sopa) e peras (5,5g de fibras p/fruta de tamanho médio). Você pode encontrar muitas outras opções em nosso guia de 30 Alimentos com alta concentração de fibras para incluir na sua dieta. Se você comer em torno de cinco vezes por dia, procure consumir de 5 a 8 gramas de fibra por refeição.

Você não está errando a porção

Uma salada é só uma salada, mas se você comer uma tijela ela pode lhe engordar

Comidas saudáveis, como o iogurte grego e as castanhas, só são ideais para a dieta quando você ingere uma quantidade adequada por porção. Por exemplo: Se você engolir uma meia xícara de castanhas de cajú em uma única porção, terá consumido mais de 400 calorias. Isso é o que você encontraria em nove McNuggets do McDonald’s. As castanhas são melhores para você do que um frango frito ? Sem nenhuma dúvida que sim. Mas isso não significa que o excesso de calorias não vá atrapalhar o seu plano de emagrecimento, então, certifique-se de medir tudo que for consumir para que você possa distribuir corretante suas calorias ao longo do dia.

Você tem medo de gordura, mesmo as consideradas saudáveis

Gorduras saudáveis são importantíssimas para o emagrecimento, o omega-3 por exemplo ajuda a regular a inflamação corporal

Comparando grama por grama, a gordura tem mais calorias finais do que qualquer outro nutriente. Carboidratos e proteínas carregam 4 calorias por grama, enquanto a gordura contém 9 calorias por grama. Dito isso, entendemos perfeitamente por que você consideraria que o retorno de sua ingestão de gordura poderia tirá-lo do caminho de sua dieta de baixa caloria. Infelizmente, no entanto, essa tática de remover gorduras fará ao seu corpo mais mal do que bem. Uma dieta rica em gorduras saudáveis ​​pode afastar doenças cardíacas e certos tipos de câncer, cortar essa gordura pode fazer seu corpo realmente desejar carboidratos. E quando mais você desejar carboidratos, mais provável é que você ingira carboidratos simples durante seu dia. Caso você não esteja se exercitando, seu corpo normalmente não vai precisar de toda essa energia. Como resultado, seu corpo vai naturalmente transformar o excesso de energia em gordura e armazena-la no seu tecido adiposo (lembra dos pneuzinhos ?), esse mecanismo funciona estimulado pela insulina para que o corpo baixe os níveis de açúcar no sangue. Uma queda no açúcar no sangue estimula seu cérebro de que você precisa comer – de novo – mesmo que você tenha acabado de comer. Por outro lado, consumir gorduras saudáveis pode afastar a fome, aumentando e prolongando os sinais de saciedade e retardando a digestão, ajudando você a perder peso ao longo do tempo.

Você não considera os extras

Sabe aquele lanche extra na sexta feira ? Pois é, ele conta também

Muitas pessoas pensam que estão tomando decisões certas para ter uma dieta de baixa caloria, quando na realidade isso está longe de ser verdade. Coisas como frozen e biscoitos de arroz são populares entre os adeptos de dieta de baixa caloria, mas realmente não deveriam estar. Claro, um iogurte natural sem gordura tem “apenas 35 calorias por 28 gramas”, mas a maioria de nós come de 10 a 16 vezes essa quantidade, dependendo do quanto você encher sua xícara, e isso tudo antes dos complementos de doces e biscoitos. Enquanto todos nós gostaríamos de pensar que não estamos usando completos extras em quantidades suficientes para conta-los, isso simplesmente não é verdade. O mesmo vale para alimentos como manteigas e doces, duas coisas muito comuns com biscoitos de arroz. Até que você seja honesto consigo mesmo sobre o que está acontecendo em seu prato (ou, neste caso, em sua tigela) você provavelmente não terá muito sucesso em eliminar aqueles quilos em excesso.

Você está com medo de proteína

Proteínas são tão essenciais para o emagrecimento que elas não podem sumir da sua dieta

A proteína ajuda a manter os níveis de açúcar no sangue nivelados, essa característica é fundamental para afastar a fome quando você está em um plano alimentar de baixo consumo de energia. Consumir proteínas também pode reverter a queima de calórica pós-refeição em até 35% e ajuda a desenvolver músculos, o que pode ajudá-lo a incinerar calorias enquanto você está em repouso. Procure torná-lo um componente presente em cada refeição. Algumas maneiras para fazer isso: polvilhe nozes em sua aveia; jogue frango picado na sua salada na hora do almoço; combine sua maçã da tarde com um queijo coalho; ou adicione um pouco de feijão ou carne sua massa.

Você petisca na comida do seu filho

Você precisa ter atenção as mordicadas na comida dos seus filhos durante o dia

Uma prova na sobremesa do seu filho ou uma mordida no lanche da sua filha depois da escola pode não parecer grande coisa, mas esses petiscos de baixo teor calórico podem ir aumentando com o tempo, afetando negativamente seu progresso na perda de peso. Se mastigar durante o dia é um hábito seu, prometa anotar tudo o que come durante uma semana inteira e, em seguida, adicione as quantidades e calcule as calorias e outros nutrientes com a ajuda de uma Tabela de Alimentos. Você pode se surpreender ao saber quantas calorias não contabilizadas está consumindo em um dia normal. Depois de ver de onde vem a maior parte de suas calorias em excesso, deve ser fácil conseguir organizar e realmente manter uma dieta de baixa caloria.

Seu jantar é pequeno demais

Restringir demais sua refeição no pode fazer você engordar ainda mais

Embora não haja nada de errado em fazer do jantar sua menor refeição do dia, você pode ter dificuldade em cochilar e permanecer dormindo se comer muito pouco ou ficar de barriga vazia. E quando você não tem uma boa noite de sono, com o tempo, seu apetite pode realmente aumentar e também aumentar o desejo por comidas açucaradas como doce e sorvete. O que acontece é que quando você não dorme o suficiente, os níveis de leptina (o hormônio que diz “estou cheio”) diminuem, o que aumenta o apetite e torna a comida rápida que você faz em casa bem mais atraente. Além de enlouquecer seu apetite, a ausência de sono em quantidade suficiente pode fazer com que você queime menos calorias, porca o controle das porções nas refeições e aumente os níveis de cortisol, que armazena gordura. Então, o que você deve beliscar antes de dormir? Confira o guia Os 30 melhores e piores alimentos para comer antes de dormir para descobrir!

Você usa alimentos zero de forma regular

Usar adoçantes de forma regular sem precisar realmente, pode ser prejudicial para a saúde

Há toneladas de alimentos de baixa ou zero calorias no mercado e para quase todos temos más notícias. Embora as razões para não utilizar, possam variar de produto para produto, a maior parte deles são vilões da dieta porque são feitos com adoçantes artificiais. Um estudo publicado na Nature a pouco tempo mostrou que os adoçantes mais comuns como sacarina, sucralose e aspartame estimulam negativamente a microbiota intestinal, liberando substâncias que causam resistência a insulina (primeiro passo para a diabetes tipo 2) e aumento da glicemia no sangue, esse efeito já é visto nos primeiros 2 anos de uso contínuo desses adoçantes. Além disso, muitos adoçantes (como a sucralose) não são totalmente livres de calorias, como afirmam por ai. Os dois primeiros ingredientes da sucralose são a dextrose e a maltodextrina (juntos ou somente um deles), que são carboidratos que contêm calorias. Acredite ou não, uma xícara de sucralose tem 96 calorias e 32 gramas de carboidratos. Então fique de olho nos adoçantes, eles estão em todos os lugares (alimentos zero, sucos, biscoitos, iorgutes), treine seu paladas e procure bebidas sem açúcares ou adoçantes, use açúcares com mais nutrientes como o mascavo (com moderação), coma frutas no lugar de doces ou petiscos industrializados.

Você usa spray de óleos

Óleos e manteigas em spray podem ser muito calóricos

Como as bebidas diet, consideramos que os sprays de óleos são armadilhas de dieta de baixa caloria. Não da para acreditar que você vai dar algumas borrifadas na frigideira ou na salada e acreditar que não vai umas boas calorias. Os óleos encontrados nesses sprays podem acumular bastante calorias e alguns sprays também contém óleo de soja que foi relacionado recentemente com o ganho de mais peso do que o açúcar, provavelmente porque é uma fonte de ômega-6 (um ácido graxo pró-inflamatório). Embora nossos corpos precisem de ômega-6, quantidades excessivas podem aumentar o apetite e diminuir a velocidade com que o corpo queima gordura, causando ganho de peso, segundo pesquisadores da Universidade da Califórnia. Para não esquecer de mencionar, um pedaço de manteiga tem aproximadamente a mesma quantidade de gordura que o spray, mas carrega cerca de 100 calorias a menos, tornando-se uma escolha melhor. É também uma excelente fonte de ácido linoléico conjugado, ou CLA, um ácido graxo vendido comercialmente como um suplemento para queima de gordura.

Você não está prestando atenção

Atenção durante a alimentação é um dos fatores cruciais para uma alimentação correta

Como mencionamos anteriormente, os alimentos com baixas calorias são ótimos para os que fazem dieta, mas apenas se você comer a quantidade certa deles. Se você comer uma porção muito grande, eles não terão mais baixo teor calórico. Por isso, é importante prestar atenção em quanto você está consumindo. Isso significa que você não deve comer em frente à TV ou em frente ao seu computador no escritório. Se você estiver minimizando distrações, será mais fácil para o seu cérebro receber seus sinais de saciedade, o que ajuda a garantir que você não exagere.

Você supõe que a luz no fim do túnel é o Low Carb

O Low Carb não é a única luz no fim do túnel para você

A maioria de nós considera o café e as saladas como sendo de baixa caloria, realmente em muitos casos são. Mas isso não garante que sempre será o caso. Você pode pensar que você está tendo uma refeição de baixo caloria quando você pedir uma Chicken Salad no Applebee’s, por exemplo, mas a verdade é cruel é que esta grande tijela de verduras tem 1.420 calorias e 99 gramas de gordura!. A lição aqui: Faça uma pesquisa antes de tomar uma bebida ou comer um delicioso prato e confirme se realmente é tão leve e saudável quanto parece.

SAIBA MAIS:

Jejum intermitente vs dieta tradicional: qual a melhor ?

Erros na hora de montar um cardápio saudável

Receba seu boletim gratuito!

Coma mais inteligente e sem terrorismos com as melhores dicas e conselhos nutricionais entregues diariamente à sua caixa de entrada.

Dicas e Conselhos sobre Nutrição

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *